O que você gosta em si mesmo fisicamente

O que mais gosto na minha personalidade é,é que sou calma sei controlar meus impulsos penso muito antes de agir isso é bom pq assim não tomo decisões precipitadas,e fisicamente,sei lá, gosto do meu cabelo! Gente vamos deixar a modéstia de lado!!! kkkkkkkkkkkkkkkkk Me digam o que mais gostam em vocês,na sua personalidade e fisicamente também. Pitter Di Laura reflete sobre o tema aceitação no Destrave dessa semana. Você já teve dificuldades em aceitar a si mesmo? Não gosta do jeito que você é fisicamente e até mesmo sua forma de agir? Veja a reflexão do missionário, cantor e compositor Pitter falando sobre o tema aceitação do Destrave dessa semana. E o que é amar a si mesmo e se valorizar? De forma bem simples é sobre a forma como você escolhe tratar a si mesmo e também sobre a forma como permite que os outros tratem você. O que fazer? Amar-se e valorizar-se profundamente, um pouco a mais a cada dia. Você se ama quando se dá valor, quando se respeita, quando busca evoluir. Você está tentando verdadeiramente melhorar a si mesmo? A vida pode ficar tão movimentada e agitada que acabamos nos esquecendo de crescer mental, física, emocional e espiritualmente. Em termos simples, nós nos esquecemos de fazer sempre o melhor a nós mesmos. O site Lifehack listou 10 hábitos simples que podem ajudar você na arte do auto-aperfeiçoamento, de modo que seja possível ... Mesmo que seja inconveniente para eles, eles arranjarão tempo para vê-lo, não importa o que isso envolva. # 2 Eles tentam impressionar você. Um amigo que gosta de você romanticamente vai querer impressioná-lo. Seja com suas piadas, seu talento ou o esforço que colocaram em sua amizade. # 3 Eles protegem você. 13. O que você mais gosta em sim mesmo – fisicamente ou de sua personalidade? Tenho certeza de que você teria muitas respostas para dar sobre o que mais ama na sua cara-metade, mas o divertido nessa pergunta é forçá-lo a refletir sobre o que ele ama em si mesmo. Espero que haja pelo menos alguma coisa, porque o amor-próprio é tão ... Apresente-se. Escrever sobre si pode ser difícil, pois você tem muito a dizer. Toda a sua vida de experiências, talentos e habilidades em um ou dois parágrafos? Seja qual for o tipo de texto que você está pretendendo fazer e o seu propósito, imagine que está se apresentando para um estranho. Você sente muita falta dele quando estão distantes, mesmo que seja por pouco tempo? Quando as pessoas estão apaixonadas, especialmente nas fases iniciais, querem estar juntas o tempo todo. A saudade que você sente de alguém poderá demonstrar o quanto você gosta dessa pessoa. Pense no quanto você sente falta desse parceiro. – fisicamente ou de sua personalidade?Desculpem o erro de português na pergunta kkk. O que você mais gosta em si mesmo? 0. anônimo 112 05/02/2019 18h02 – fisicamente ou de sua personalidade? Desculpem o erro de português na pergunta kkk. outros. entre na sua conta ...

Vamos discutir o caso da Suécia /r/brasil.

2020.05.15 20:11 mechanical_fan Vamos discutir o caso da Suécia /r/brasil.

Então, faz um tempo que eu vejo posts aparecendo no reddit em geral discutindo sobre o que acontece na Suécia e qual o objetivo do governo (sem praticamente nenhum tipo de base), então decidi fazer um post pra tentar esclarecer algumas coisas. Vou colocar fontes em sueco (e uma em norueguês), mas o translator faz um trabalho quase perfeito de tradução sueco-inglês (e provavelmente português) se alguém quiser ler.
Primeiramente, o governo sueco basicamente não decidiu nada diretamente. Ele simplesmente conversou entre os partidos no parlamento e eles decidiram que vão seguir o que o ‘epidemiologista chefe’ Anders Tegnell (que tem o cargo desde 2013 e trabalha na parte pública com doenças comunicáveis desde 2005) e a “Agência de Saúde Pública” (Folkhälsomyndigheten) falarem. A decisão é o mais técnico que pode ser, sem interferência nenhuma de politicagem ou economia. É literalmente proibido na constituição o governo interferir nas decisões dessas agências técnicas:
The Swedish constitution prohibits ministerial rule and mandates that the relevant government body, in this case an expert agency – the Public Health Agency – must initiate all actions to prevent the virus in accordance with Swedish law, rendering state epidemiologist Anders Tegnell a central figure in the crisis. The government usually follows agency advice – politicians overruling the advice from its agencies is extremely unusual in Sweden –
Agora vamos discutir algumas peculiaridades nórdicas que (provavelmente) influenciaram as decisões (e modelos epidemiológicos) do Anders Tegnell:
Número de pessoas por residência: A Suécia tem, literalmente, o menor número de pessoas dividindo uma moradia no mundo. É também país onde as pessoas saem mais cedo da casas dos pais no mundo . Em anedota: eu não conheço ninguém com mais de 19 que more com os pais. Conheço uma moça que divide um apartamento com o irmão, e as pessoas já acham isso esquisito.
Sweden has the smallest average household size in the OECD. With fewer than 2 people (1.99) per household, it is well below the OECD average of 2.63.
(https://www.oecd.org/els/family/47710686.pdf)
Densidade populacional e tamanho de regiões metropolitanas: A Suécia é em grande parte vazia. A densidade populacional é praticamente a mesma do Brasil, mas com uma grande diferença: A população é bem mais distribuída em cidades de tamanho pequeno e médio que super concentrada em metrópoles. As maiores regiões metropolitanas têm 2.2m, 1m e 700k habitantes (Estocolmo, Gotemburgo e Malmö). Depois disso nenhuma passa de 500k (a maior é Motala-Linköping-Norrköping, com 450k) (https://sv.wikipedia.org/wiki/Sveriges_l%C3%A4n). As cidades em si também são pouco densas, prédios com mais de 6 andares são (muito) raros.
Pra ver um mapa de densidade populacional da Europa: https://i.redd.it/l83xfr216wv41.png
Hábitos da população e confiança no governo: Esse é um caso mais complicado de achar fontes já que é cultural, mas é uma população que já naturalmente não gosta de proximidade física a outras pessoas Essa é uma cena comum, mesmo sob forte chuva ou nevasca. Além disso a população tem alta confiança no governo e em seguir simplesmente recomendações desse sem necessidade de leis específicas para isso.
Sistema de registros e número de identidade: Isso é uma peculiaridade da Suécia. Mas eles tem o sistema de registros (registers) que é provavelmente o mais completo do mundo. Na verdade, é bem comum o governo sueco ser acusado e não dar privacidade nenhuma a população devido à quantidade de informação que eles constantemente coletam, tudo ligado ao seu número de identidade. Em anedota: Eu fiquei doente uns meses atras e fui no médico que me recomendou antibióticos, mas não me deu receita (em papel físico). Eu fui na farmácia, dei o meu cartão de identidade e o farmacêutico já sabia o que tinha acontecido comigo ao consultar no computador. A conta da consulta chegou por correio. O governo sueco coletou: quando eu fiquei doente, com o que, quem me atendeu e qual antibiótico (até a marca) eu comprei. O endereço ele já sabia. Na verdade, é bem comum em compra online você colocar seu número de identidade e o site auto completar seu nome, data de nascimento, endereço, telefone e email.
Número de mortos: A contagem é diferente de todos os países no mundo, mas é provavelmente a mais precisa e realista. Eles simplesmente cruzam as informações na base de registros deles e contam como morte por covid qualquer um que morreu até 14 dias depois de qualquer diagnóstico de covid. É bem comum nos outros países dependerem de hospitais/médicos reportarem diariamente e individualmente mortes por covid, alguns nem estão/estavam contando mortes em casas de retiro (UK, Italia, Espanha e Holanda). Na Noruega mesmo ainda é feito por telefone e eles mesmo comentam que os números seriam diferentes se fizessem contagem como a Suécia. Isso evita algumas dúvidas, por exemplo: se alguém tem alguma comorbidade como câncer e covid, a morte foi causada por qual? Alguns médicos podem colocar câncer, mas pro governo sueco é contado como covid, sempre. Se você morrer em um acidente de carro atropelando um alce 12 dias depois, também é morte por covid (é um problema real, a Volvo inclusive testa para isso).
Objetivo: Vamos acabar com algumas lendas urbanas aqui. Não é objetivo do governo sueco alcançar imunidade de rebanho. Também não é objetivo “preservar a economia”. O principal objetivo da “Agência de Saúde Pública” é simplesmente evitar que o sistema de saúde não seja sobrecarregado e ter uma política sustentável a longo prazo. Na verdade o Tegnell é bem pessimista sobre essas coisas:
Anders Tegnell, Sweden’s state epidemiologist who devised the no-lockdown approach, estimated that 40 per cent of people in the capital, Stockholm, would be immune to Covid-19 by the end of May, giving the country an advantage against a virus that “we’re going to have to live with for a very long time”.
“In the autumn there will be a second wave. Sweden will have a high level of immunity and the number of cases will probably be quite low,” Mr Tegnell told the Financial Times. “But Finland will have a very low level of immunity. Will Finland have to go into a complete lockdown again?”
“I don’t think we or any country in the world will reach herd immunity in the sense that the disease goes away because I don’t think this is a disease that goes away,” he added.
“It’s a big mistake to sit down and say ‘we should just wait for a vaccine’. It will take much longer than we think. And in the end, we don’t know how good a vaccine it will be. It’s another reason to have a sustainable policy in place.”
https://www.ft.com/content/a2b4c18c-a5e8-4edc-8047-ade4a82a548d
Ações do governo: Basicamente, fechou escolas de ensino médio, universidade, proibiu visitas em casas de retiro, agregações acima de 50 pessoas e o mais importante: Colocou uma série de recomendações de comportamento e informou toda a população (isso pode ser visto em (https://www.folkhalsomyndigheten.se/smittskydd-beredskap/utbrott/aktuella-utbrott/covid-19/). Decidiram não fechar escolas para não sobrecarregar quem trabalha no sistema de saúde e não arriscar que as pessoas peçam ajuda a familiares mais velhos:
According to the Health Agency, the main reasons for not closing schools was that as a preventive measure it lacked support by research or scientific literature, and because of its negative effects on society. They argued that many parents, including healthcare professionals, would have no choice but to stay home from work to care for their children if schools were closed. There was also concern for a situation where elderly people babysit their grandchildren, as they are of bigger risk of severe symptoms in case of infection. According to agency's estimations, closures of elementary schools and preschool could result in an absence of up to 43,000 healthcare professionals, including doctors, nurses and nurse's assistants, equalling 10 percent of the total workforce in the sector. In May, Tegnell said that the decision was right, as the healthcare system would not have managed the situation the past months if Swedish authorities had chosen to close elementary schools.
https://en.wikipedia.org/wiki/COVID-19_pandemic_in_Sweden#Strategy
Redução em horas. O governo sueco está cobrindo até 50% da redução em horas, ou seja, a empresa paga metade, e o governo cobre o resto e as pessoas só trabalham 50% também. Empregadores pequenos recebem algumas outras vantagens também.
O governo começou a cobrir pagamento de todos os dias de afastamento por doença e mudaram as regras sobre receber salário em caso de doença:
The 'karensdag' or initial day without paid sick-leave has been removed by the government and the length of time one can stay home with pay without a doctor's note has been raised from 7 to 21 days.
https://en.wikipedia.org/wiki/COVID-19_pandemic_in_Sweden#Finance_and_the_economy
Resultados: As pessoas seguem recomendação do governo? Sim. Por exemplo, na semana da pascoa, um dos maiores feriados na Suecia, as visitas para Gotland (um dos pontos de férias mais populares) caíram em mais de 90%. Åre (estação de ski) e o resto do país tiveram números similares.
As pessoas estão trabalhando de casa. Não consigo achar um valor recente para o país inteiro, mas essa fonte para Estocolmo está entre 70-80% dependendo do bairro (conforme classe social, como esperado). Eu pessoalmente só tenho um amigo que está indo pro trabalho fisicamente, mas ele é engenheiro em uma fábrica e está indo 2 vezes por semana. A Suécia é um país altamente digitalizado, tanto em acesso a internet e uso diario quanto ao tipo de industria. Isso facilita bastante. (de cabeça: Spotify, Ericsson, King, Paradox, Mojang, Klarna)
Houve também expansão da capacidade de UTI, no pico, por volta de 80% do sistema estava sendo usado. Mas o pico passou. Os melhores sites para ver o estado atual e histórico, na minha opinião são:
https://adamaltmejd.se/covid/
https://c19.se/en (clique na legenda para escolher o que quer ver e mudar escala - número de pessoas no hospital e em UTI/IVA tem caído faz duas semanas)
Teve problemas? Sim, teve muito problema nas casas de retiro:
He made the point that care homes in Sweden — like in the rest of the Nordic region — were for “the very old and the very sick”, as most elderly people live at home, and that there were known “quality problems” with care providers, often private companies.
“Unfortunately those quality problems have proven to make the elderly very vulnerable to infection,” Mr Tegnell said, adding that an investigation had begun.
https://www.ft.com/content/a2b4c18c-a5e8-4edc-8047-ade4a82a548d
Economia: Como eu comentei, isso simplesmente não é o ponto do governo sueco. Nunca foi. Na verdade, qualquer discussão agora é muito cedo, por razões óbvias. Vai ter artigo científico sendo escrito sobre cada país pelos próximos 10 anos. Mas a economia sueca é mais dependente de exportações de manufaturados que os vizinhos, por isso até mesmo esses pequenos pontos é dificil de comparar (de cabeça: Eletrolux, Volvo, Scania, IKEA, H&M). É simplesmente cedo demais. E quem está tomando a decisões não se importa com isso também. Ninguém espera salvar a economia nem coloca como objetivo.
“It is too early to say that we would do better than others. In the end, we think Sweden will end up more or less the same,” said Christina Nyman, a former deputy head of monetary policy at the Riksbank who is now chief economist at lender Handelsbanken.
One big reason is that Sweden is a small, open economy with a large manufacturing industry. Truckmaker Volvo Group and carmaker Volvo Cars were both forced to stop production for several weeks, not because of conditions in Sweden but due to lack of parts and difficulties in their supply chains elsewhere in Europe. Ms Nyman noted that despite being relatively little hit directly by the 2008 financial crisis Sweden’s economy still suffered more than many.
Ms Nyman said she believed that without the no-lockdown policy, Sweden would have been harder hit, as in 2008. “If we didn’t have these better circumstances, we would have done worse. Usually, we are more severely hit by a global recession,” she added. Economists at Swedish bank SEB estimate Sweden’s GDP will drop 6.5 per cent this year, about the same as the US and Germany, but a little better than Norway and ahead of 9-10 per cent falls in Finland and Denmark, all of which have had lockdowns.
But Mr Oxley stressed that Sweden was still dependent on demand and supply chains in other countries. “There’s only a limited amount of upside to being contrary when the rest of the world is doing the opposite,” he added.
https://www.ft.com/content/93105160-dcb4-4721-9e58-a7b262cd4b6e
TLDR: A estratégia da Suécia é diferente mas as intenções são bem diferentes do que as pessoas tem falado nesse sub. É sobre a economia (ou políticos)? NÃO. É a melhor estratégia? É cedo pra dizer. Eu recomendaria para o Brasil? NÃO. O Brasil: não tem capacidade nos hospitais, as cidades são imensamente mais densas, as pessoas moram com a família, gostam de contato físico e não gostam de seguir recomendação governamental.
submitted by mechanical_fan to brasil [link] [comments]


2019.11.30 18:53 PolyglotSam Gosto de um amigo, talvez seja recíproco, mas ele namora, Não sei o que fazer.

Bom, não sei bem como começar um post aqui, é o meu primeiro post, na verdade.
Eu tenho 18 anos, masculino, sou bi e tô num ano infernal onde tudo tem acontecido, de bom e de ruim. No início desse ano, meu 3o do médio, mudei de unidade no meu colégio, fui pra uma sala relativamente nova, pq já conhecia gente lá. O ano começou comigo tendo um crush fodido num menino que eu sabia q iria estudar com, eu tinha quase certeza q ele era bi, nunca cheguei a perguntar, pq com o passar do tempo fui me condicionando a esquecer aquilo e seguir em frente.
Isso seguiu até mais ou menos o meio do ano, mas ter um crush nele não me impedia de ficar imaginando um relacionamentos com outra pessoas da sala, afinal, pensar não mata ninguém, e aquilo me deixava feliz de certa forma. Nisso, um dos casais mentais que eu criei envolvia um amigo meu, que eu comecei a ficar próximo depois das férias de meio do ano, visto que tinhamos um projeto final para fazer e tal, e ele é uma pessoa muito bacana de se conversar, ao meu ver, fisicamente atraente e tal, não dei muita bola pra nada porque: Primeiramente, ele namora, o que em si só já é o primeiro aviso pra manter distância e manter o respeito pelo relacionamento alheio, e além disso ele, por estar namorando uma menina, era hétero, ao menos na minha cabeça.
O que aconteceu pra eu mudar de opinião e começar a criar paranoias na minha cabeça foi: No meu aniversário de 18, esse ano em outubro, faz um mês, eu disse que tava afim de tomar umas cervejas, pq poderia comprar álcool legalmente e tal. Fomos nós dois pro bar que tinha perto da escola depois da aula, sentamos lá, conversamos sobre muita coisa, disse que não tinha chamado ele antes pra uma 'saída' que dei antes, pq ele parecia ser de outro grupo, o grupo dos meninos lá, héterotops, futebol e coisas assim, sempre sem outro conteúdo pra conversas. Ele disse que não, nas palavras dele: "Claro que não", depois disso, eu tava com aquela coragem q o álcool dá e perguntei " Você é hétero?", ele olha pra mim e diz que não, perguntei de novo " Você é bi?", ele respondeu que sim. Essa resposta me deixou surpreso pq foram poucas as pessoas que eu gostei, mesmo que de relance, que poderiam gostar de mim também.
Naquela hora tive que repassar todo o background dele. Q ele não era hétero, como eu pensava, mas que ainda sim namorava, e a namorada dele é o tipo de pessoa incrível, linda, e super alto astral. Respondi ele dizendo que eu também era bi, e a gente continuou a conversa não voltando nesse assunto.
A semana que se passou depois disso foi um inferno pessoal, porque eu admiti pra mim que sentia algo por ele, ao mesmo tempo que eu me sentia horrível por sentir algo por uma pessoa que tá feliz no relacionamento dela, que tá com a vida estável, me senti imoral. Minha ansiedade veio de uma maneira avassaladora, fiquei meio recluso por um tempo, viajando na minha cabeça, pensando em milhares de coisas, pensando se deveria falar pra ele isso, se isso mudaria alguma coisa, se abriria uma possibilidade. Porém quanto mais eu pensava sobre isso, mais eu começava a ter sonhos esquisitos, como se eu estivesse aprendendo algo com eles. Num desses sonhos eu parei num momento onde eu havia dito que gostava dele, ele tinha dito o mesmo pra mim, ele terminou o namoro e então me perguntou "E agora?", sinceramente foi um dos sonhos mais estranhos que eu já tive. Eu achei a resposta q eu tava procurando: Não valia a pena, me arriscar tanto assim, fazer ele arriscar algo ( sem nem saber se era recíproco também).
Avançando um pouco no tempo: segundo dia de ENEM, alguns colegas combinaram de sair depois da prova pra beber e desestressar da merda que foi a prova. Ele tinha ido, eu fui comprar bebida, bebi razoavelmente muito, o suficiente pra eu ignorar tudo que eu tinha construído sobre deixar aquilo de lado e seguir em frente. Esperei o momento onde eu estivesse à sós com ele, e comecei a falar, tudo, absolutamente tudo q eu sentia ( isso td em inglês pq eu n tinha coragem de falar em português, eu já tava alterado nessa hr) por um minuto eu achei q ele só ia perguntar pq q eu tava falando em inglês, mas na verdade ele começou a me responder em inglês. Eu não fazia ideia de que ele falava ingles, eu fiquei tipo: "ok, então quer dizer q vc enteneu tds as indiretas no twitter?", ele disse que sim.
Continuei a conversar, dizendo pra ele que eu gostava dele, q tipo, na minha opinião ele era incrível, que eu tava super afim dele, e que sabia que ele estava namorando, e por isso sabia que nada ia acontecer. Ele tava super tranquilo e falou que era normal, que a gente não controla quem a gente gosta, mas não surtou nem nada do tipo, foi uma resposta totalmente diferente da que eu tinha imaginado. Eu me senti muito melhor depois que falei pra ele, era muito ruim ter que manter aquilo só pra mim, afinal, vamos nos formar em dezembro, talvez não verei ele por muito tempo, que é quase certo. Precisava jogar nessa última chance, tinha q arriscar. Antes de encerrarmos a conversa, pq tinha amigos nossos vindo, perguntei pra ele: "Se você não estivesse namorando agora, vc ficaria comigo?", e ele respondeu que sim.
Eu absorvi a resposta e pensei que, achei q pessoa certa, mas na hora errada. Tô muito triste com isso, mas é um triste pq tudo dá certo pra todo mundo ao meu redor, geral consegue um relacionamento, alguém. Enquanto eu tô amaldiçoado a ouvir Jão e me identificar com as letras de sofrência pro resto da vida. É frustrante. Sei que meus amigos não aguentam mais me ouvir reclamar disso, e sei que se eu continuar reclamando vai ser irritante, eu sei disso. Só queria que, pelo menos uma vez, eu conseguisse ficar com alguém eu eu gosto, e gosto muito.
Desculpa pelo texto longo, eu precisava externalizar esse sentimento, que é uma mistura de coisas positivas com negativas.
submitted by PolyglotSam to desabafos [link] [comments]


2019.05.31 06:37 itsDanDaniels Um eu mais sociável parte 1

Eu sou uma pessoa bem tímida, e já faz muito tempo que eu quero mudar isso, então hoje as 1:10 da madrugada do dia 31/5, faltando 19 dias pro meu aniversário eu decidi que vou começar a anotar tudo o que torna as pessoas sociáveis e começar a inserir isso na minha vida.
A um tempo atrás eu estava jogando league of legends online e estava conversando com o A. que é um amigo meu no jogo, o cara é bem sociável e tem uma opinião forte sobre as coisas, ele é da mesma cidade que eu faço faculdade e eu percebi certos traços que fazem com que você se sinta a vontade conversando com ele, ele usa termos como, "oi meu querido" que passa uma sensação de proximidade, ou seja ele consegue estabelecer intimidade logo no começo da conversa, ou seja ele estabelece uma proximidade com a pessoa e com isso eu acabei de sentindo mais próximo, ou até mesmo reconhecido eu acho (Caralho é vergonhoso dizer isso). Eu sempre sou muito sério falando sobre as coisas, e raramente uso esse tipo de termo, então as pessoas sempre dizer que eu sou fechado, ou não demonstro emoção, eu tenho que aprender a estabelecer uma conversa mais amigável, acho que isso vem com prática, ai está um bom jeito pra mim começar
Na minha turma tem uma pessoa chamada J. G., certo dia estava eu no meu canto de fone de ouvido jogando Piano Tales 2 no celular, eu nunca fui intimo dele ou algo do tipo, mas ele viu eu jogando e estabeleceu uma conversa dizendo que eu jogava bem e tudo mais, que ele já jogou o jogo mas não conseguiu ser tão bom. Nada demais, só que eu percebi que normalmente quando eu tento me aproximar das pessoas eu normalmente acabo de gabando de algo, ou tento me mostrar com algum talento. E o que ele fez foi totalmente o contrario, ele mostrou humildade e meio que encheu o ego alheio e isso fez com que eu achasse ele mais simpático. Ele não é puxa saco nem nada do tipo, ele simplesmente foi uma pessoa legal, as vezes ele era até melhor do que eu no jogo, mas ele reconheceu algo que eu fiz, eu acho que reconhecimento é o que as pessoas sempre buscam, então vou tentar reconhecer mais o que as pessoas sentem, ou demostrar mais admiração ao em vês de só pensar em falar.
A mesma coisa aconteceu quando eu estava na sétima série e uma colega de turma que sentava na minha frente viu o desenho que eu desenhei na mesa e se mostrou muito admirada, é bom ser reconhecido, então eu tenho que reconhecer oque as outras pessoas fazem para estabelecer uma melhor relação.
Um exemplo contrário disso é um dos colegas de turma, todos acham ele um babaca, ele se acha demais e é totalmente egocêntrico, só pensa em si mesmo e passa a perna nas pessoas, ele é bem manipulador e sabe falar muito bem em público então ele está sempre rodeado de pessoas, mas todos falam mal dele pelas costas. Não ser essa pessoa.

Um dos amigos de um colega de republica chamado Lucas é sempre animado, o L. é muito bom em estabelecer contato corporal, normalmente eu me incomodo com pessoas muito próximas ou que ficam falando tocando em mim, mas o Lucas ele consegue ser próximo fisicamente sem invadir sua área de conforto, eu realmente não sei como ele faz isso, mas eu percebi que eu tenho que ser mais receptivo a contato físico. Em casa nós não somos muito de abraçar e de contato físico, eu fui criado assim, então eu sempre senti um bloqueio quando as pessoas estabelecem contato físico, e tenho receio de invadir o espaço das pessoas, porém se eu quiser ser mais extrovertido eu tenho que aprender com as pessoas entrando no meu espaço pessoal, e aprender a estabelecer contato físico com as pessoas.

Um dos rapazes que mora na minha republica, o nome dele é B., ele é bem fechado mas ele sempre passa uma boa imagem de pessoa inteligente, e ele sabe sempre se portar em publico, as vezes eu converso com ele e ele fala sobre as outras pessoas como postura, o que elas fizeram, ele sempre repara nas pessoas, e não nas coisas negativas, mas nas coisas positivas, e ele sempre sabe como se comportar na frente de pessoas importantes ou de situações difíceis como apresentações, entrevistas ou coisas do tipo. Ele sabe se portal como um profissional, e ele reconhece o que as pessoas fazem, embora ele raramente fale isso pra própria pessoa, ele transparece ser totalmente confiante, só que morando com ele eu sei como ele é inseguro e tímido também. Eu tenho que aprender a me portar como uma pessoa que as pessoas podem confiar, e não ficar sempre isolado no meu canto.

Tem também o W. que é um amigo meu que também mora na mesma republica, ele é a pessoa mais gentil que eu conheço, se você chama ele pra sair ele vai, pra estudar ele vai, pra construir uma ponto ele vai kkkk. O W. é muito bom no quesito empatia, ele consegue colocar as necessidades das pessoas acima das dele, e ele sempre ajuda todo mundo da turma, eu realmente acho ele muito incrível, ele sempre percebe quando eu tenho minhas paranoias ou alguma crise de ansiedade, ele sempre se mostra disponível pra ajudas as pessoas, teve um dia que só estávamos indo para a faculdade durante o período da manhã e tínhamos prova naquele dia, no caminho ele parou pra ajudar uma gravida que eu nem tinha percebido que estava na rua, ele por algum motivo viu que ela não estava se sentindo bem, ele voltou pra casa, buscou o carro dele e levou ela pra uma consulta, mesmo sabendo que ele tinha prova ele botou as necessidades dela acima das dele. O W. ele sofre com depressão e ansiedade, mas ele sempre consegue apoio das pessoas, e não conheço ninguém que não gosta dele, basicamente ele é a pessoa mais incrível e responsável que eu conheço. Eu queria ter essa determinação pra ajudar as pessoas, normalmente alguém em pede ajuda, ou me chama pra algum lugar e eu acabo recusando por causa de medo ou de insegurança, tenho que aprender a superar isso. Acho que eu tenho que começar a dizer mais "sim" e parar de inventar desculpas.

Por hoje o que eu lembrei é isso, caso aconteça algo, ou eu lembre de alguma situação vou estar aqui postando o que eu farei pra melhorar.
submitted by itsDanDaniels to u/itsDanDaniels [link] [comments]


Você Gosta da Sua Companhia? #AnaLuzCoach - YouTube Autoestima. Você gosta de si mesmo? O QUE VOCÊ MUDARIA EM SI MESMO? Você tem cobrado muito de você mesmo. 6 SINAIS QUE ALGUÉM GOSTA DE VOCÊ Integridade. Como Você Age em Relação a Si Mesmo? - YouTube O QUE VOCÊ ESTÁ FAZENDO NESSA VIDA? WEBJANSEN - YouTube

21 perguntas para fazer à pessoa com quem você pretende ...

  1. Você Gosta da Sua Companhia? #AnaLuzCoach - YouTube
  2. Autoestima. Você gosta de si mesmo?
  3. O QUE VOCÊ MUDARIA EM SI MESMO?
  4. Você tem cobrado muito de você mesmo.
  5. 6 SINAIS QUE ALGUÉM GOSTA DE VOCÊ
  6. Integridade. Como Você Age em Relação a Si Mesmo? - YouTube
  7. O QUE VOCÊ ESTÁ FAZENDO NESSA VIDA?
  8. WEBJANSEN - YouTube
  9. Aprenda A Dedicar Mais Tempo Para Fazer O Que Gosta Em 2020

O julgamento alheio está influenciando sua vida de que forma? Essas e outras reflexões são abordadas neste áudio extraído do livro 'Benção em Palavras' de Thyago Avelino, pelo Espírito Pai ... Integridade. Como Você Age em Relação a Si Mesmo? MATERIAL GRATUITO DE DESENVOLVIMENTO PESSOAL: http://sou.superboss.com.br/ctmarx Você tem um propósito... Sabemos que o modo mais fácil de saber se alguém gosta de você é perguntando, porém nem todas as pessoas conseguem ser tão diretas e não ficam tão à vontade para isso, nesse caso a melhor ... Você se CONHECE o BASTANTE? Se você PUDESSE mudar algo em VOCÊ? O QUE mudaria? Assista a gravação da BEAUTY LIFE e veja o que a Coaching TELMA GOULART falou. _____ Você tem uma técnica que ... No vídeo você vai aprender que tempo é um bem muito precioso e que a falta dele é uma reclamação de boa parte da população. A principal regra para ter mais tempo para si mesmo com muito ... 🔴 INSCREVER-SE DEIXA O LIKE 🏽 DEIXE SEU COMENTÁRIO 🎁 Receba Agora Gratuitamente os Meus Livros Digitais 📚 📗 Como Melhorar a Sua Autoestima em 21 Dias ht... Texto: Você tem cobrado muito de você mesmo, talvez você não tenha percebido mas todas as vezes em que deveria dizer pra si mesmo: tá tudo bem. Você se culpou porque alguém foi embora ... ´´Se você crê somente naquilo que gosta no evangelho e rejeita o que não gosta, não é no Evangelho que você crê, mas, sim, em si mesmo.“ — Santo Agostinho Você gosta de si mesmo? Psy Logic Drawing. ... O que significa ser resiliente? - Duration: 4:06. Psy Logic Drawing 2,468 views. 4:06. 1 Dica Infalível para Acreditar em Si Mesmo - Duration: 3 ...